create counter

Valencia. Cidade das Artes e Ciências

1
Espanha, arquitetura e modernidade.  Diga rapidamente o que vem à sua cabeça ao ler estas três palavras. Confesse. Você pensou em Barcelona, certo? Mas após ler o texto abaixo e ver as fotos, você vai se convencer de que Valencia também tem muito a oferecer em termos de arquitetura contemporânea.
Boquiaberta. Esse é o exato termo pra descrever com fiquei ao ver pela primeira vez a fenomenal Cidade das Arte e Ciências (Ciudad de las Artes y de las Ciencias). Construída para celebrar a chegada do século XXI, é uma exuberante cidade dentro de uma cidade. É um desbunde de formas orgânicas, que ao mesmo tempo passam frieza e movimento.

Apesar do complexo ser construído sobre o leito seco de um rio, me senti numa aventura digna de vinte mil leguas submarinas de Julio Verne, com formas fantásticas que mais lembram monstros e máquinas de ficção científica.

O projeto é quase em sua totalidade da autoria do arquiteto Santiago Calatrava e compreende os seguintes principais monumentos:

O Hemisfério (L’Hemisfèric)

Uma inacreditável estrutura de metal e vidro que simula um olho que flutua numa piscina de 24.000 m2.  O monumento abriga um Laserium, um Planetário e um super IMax cinema , com uma telona de 900 m2. O interessante é que o olho pode fechar e abrir. De enlouquecer!

Ciudad de Las Arts en Ciencias

O hemisfério, um olho flutuante

Palácio de Artes da Rainha Sofia

Um intrigante prédio de setenta metros de altura dedicado às artes. Dividido em quatro salões recebe os mais diversos tipos de expressões culturais como ópera, musicais, ballet, dentre outros. O prédio de certa forma, me lembra um capacete.

Ciudad de las Artes y las Ciencias

 

Oceanário ( L’Oceanogràfic)

Nada menos do que o maior parque aquático de água salgada da Europa- são mais de 500 espécies de todo o mundo,incluindo as doces belugas, o impressionante peixe lua e tubarões. A estrutura se compara a outros parques no mundo com restaurantes, cinemas, atividades para crianças, souvenirs e tudo o que envolve esse tipo de atividade.O projeto não é de Calatrava, mas sim de Felix Candela. Gostei de visitar, mas acho que Valencia tem muito mais a oferecer.

Oceanarium - Valencia _ Spain

Túnel de tubarões

Museu de Ciências Príncipe Felipe (El Museu de les Ciències Príncipe Felipe)

Um museu onde é probido não tocar. Mais um projeto de Calatrava que lembra uma imenso esqueleto de baleia. Um museu que estimula o conhecimento pela sensação. Você vai encontrar botões, telas, imagens, tudo enfim que estimule o aprendizado pela experiência.

Hemisfério, Museu de Ciências Príncipe Felipe e  a Ágora ao fundo

L’Umbracle

Ah, e não esqueça de visitar o L’Umbracle, um fascinante jardim que se estende sob um delicado túnel formado de finos arcos. À medida que você avança vai mergulhando numa bela seleção de palmeiras e plantas da região. Detalhe: à noite a iluminação é fantástica. Pena que estive por lá durante o dia.

L’Umbracle - Valencia

 

Talvez você não tenha tempo (ou grana) para visitar todos os museus, mas não se preocupe. O que mais deixava Salatrava feliz era que o projeto por si só, já era uma atração. Não é nem preciso entrar nos prédios para absorver a incrível atmosfera do lugar.

Existem diversas combinações de ingressos. Confira na loja online.

Como chegar: do centro de Valencia, ônibus 13, 14, 15 para Centro Comercio de Saler

Share.

About Author

1 Comentário

  1. Claudia (Utrecht) on

    Oi,
    Que boas dicas de Valencia, tô muito curiosa para conhecer. Depois te conto o que achei da cidade.
    Bjs,
    Claudia

Leave A Reply