create counter

 Procurando um hotel? Clique aqui, faça a sua reserva e apoie o Bailandesa.nl. 

Nova lei para doação de órgãos na Holanda. O que muda?

4

O sistema de doação de órgãos na Holanda vai mudar. Em 2020, virá um sistema de registro automático de doador de órgãos. Como esse é um assunto que gera muita polêmica, resolvi atualizar um artigo de 2011 e explicar as mudanças da lei e o impacto na vida de quem mora na Holanda.

O que muda com a nova lei de doação de órgãos na Holanda?.

Atualmente, o sistema de doação de órgãos na Holanda é semelhante ao brasileiro: é preciso oficializar o desejo de se tornar um doador. Caso a pessoa não deixe expressa a sua vontade, os parentes ficarão responsáveis pela decisão após declarada a morte. Em outros países como na Bélgica, Espanha e Áustria o sistema é de “opt -in automático” . Quer dizer: todos são doadores, a não ser que registem-se como não doadores.

Doação de órgãos an Holanda- Diego de Luna

(c) Diego Luna

Mas o que significa Opt-in ou Opt-out?

Esses são termos muito usados em Marekting digital. Um bom exemplo é o email ou newsletters. No caso de opt-in, você faz a opção de receber emails , clicando na opção de concordar em receber emails da empresa. No caso, do opt-out a empresa lhe enviaria sesu emails mesmo que você não concordado ou dado o consentimento, mas lhe dá a opção de retirar o seu nome da lista. Geralmente esta opção está no finalzinho do emailq ue você recebeu.

O que vai mudar com a nova lei da doação de órgãos na Holanda?

No caso da nova lei de doação de órgãos, na Holanda, os istema será de opt-ou. Caso a pessoa não expresse a sua vontade de não doar  seus órgãos, fica registrada como um doador automaticamente. É bom deixar claro que a lei não é válida para menores de 18 anos. Para eles, nada muda.

Me registrei em 2011, quando escrevi esse post, agora atualizado. Geralmente não sou fã do sistema opt-out, mas como cidadã, prefero correr o risco de salvar uma vida sem ter dado consentimento, tendo a chance de dizer não ainda em vida.

Para muitos pode soar como uma imposição, mas é bom lembrar, que você tem a opção de se registrar com não doador. Como existe muito preconceito e desconhecimento – sem falar em questões religiosas – educação e esclarecimento serão cruciais para evitar uma reação negativa à nova lei. As pessoas podem interpretar como uma invasão de privacidade e sentirem que o seus direitos não estão sendo respeitados. Acompanharei  ansiosa os próximos passos até a implementação da lei.

Dia-a-dia na Holanda - ladrão de corações - dief - doação de órgãos na Holanda

Já me registrei como doador, preciso fazer alguma coisa?

Caso, como eu, você já seja registrado(a) , nada muda, Não é preciso fazer nada. Caso concorde em doar os seus órgãos, também não precisará fazer nada quando a lei for implementada. Agora, caso você não queira doar seus órgãos, aí sim , você precisa expressar a sua vontade

Assim como eu, que demorei tanto para oficializar a minha vontade, existem muitas pessoas que não têm o seu desejo atendido por desconhecimento do procedimento, por não tomarem a iniciativa ou por nunca acharem o momento na rotina atribulada das suas vidas.

Mas o que fazer para se tornar um doador enquanto a lei não é implementada?

Qualquer pessoa que tenha no mínimo 12 anos e seja registrado em uma prefeitura holandesa pode se tornar um doador de órgãos e/ou tecidos. Basta fazer o registro online

As opções são:

1) Dar a permissão

2) Não dar permissão

3) Deixar para os seus parentes/herdeiros decidirem.

Você ainda pode especificar o que permite doar ou não. E ainda pode escolher um pessoa para ser o decisor.  Mas atenção,  para fazer online, você vai precisar do seu Digi ID.

E você concorda com a nova lei? Você já é doador aqui na Holanda ou em outro país? Estou curiosa para saber a sua opinião.

 

 

Imagem: Diego Luna

Share.

4 Comentários

  1. Eu tb me inscrevi..sera que eles mandaram a carta para todos os estrangeiros que receberam a cidadania recentemente?
    Beijos

  2. Também achei interessante, Malka. Inclusive a mala direta era diferenciada para o público imigrante. Talvez eles realmente tenham a enviado para quem adquiriu a a nacionalidade recentemente.

  3. Olha só, e eu me cadastrei como doadora no início da semana vinda protelando até que lembrei e fiz.
    Acho ótimo que fique automático, como você falou no texto e eu me identifiquei tem gente que acaba esquecendo de comunicar o SIM.

Leave A Reply