create counter

 Procurando um hotel? Clique aqui, faça a sua reserva e apoie o Bailandesa.nl. 

Hanói, Vietnã. 5 coisas que pra ver, fazer e se impressionar

0

Hanói foi a minha porta de entrada para o Vietnã. Hanói, a capital frenética, com suas scooters que passam a cada segundo e buzinam como se fosse o último dia do planeta terra.  Hanói, a cidade que é uma mistura de Ocidente e Oriente, antigo e moderno e que provoca um caleidoscópio de imagens, sons e cheiros que ficam impressos na sua memória para sempre.

Feir em Hanói, Vietnã (c) Bailandesa.nl

Ambulantes na Feira em Hanói, Vietnã. (c) Bailandesa.nl

Essa foi uma viagem surpreendente e pra fazer parte dessa aventura, siga a série de artigos sobre esse país apaixonante. Eu espero que você se surpreenda, se emocione e abra o seu olhar sobre o mundo, assim como aconteceu comigo.

Leia também: Cozinha Budista na Coreia. Uma visita ao Baru

1. Hanói, Vietnã e as suas motos

Quando cheguei pela primeira vez na Holanda, assim como todo turista, não conseguia acreditar na quantidade de bicicletas. Tirava fotos do mar de bicicletas estacionadas, de mães com os bebês nas cadeirinhas, dos ciclistas nas ruas. Quando cheguei em Hanói, aconteceu a mesma coisa.

Motos em Hanói, Vietnã -Bailandesa.nl

A primeira coisa que me vem à cabeça quando penso em Hanói ou Vietnã,é o trânsito caótico e o vai-e -vem de motos (c) Bailandesa.nl

O vai e vem enlouquecido das motos buzinando a todo tempo e ignorando pedestres foi um cenário surreal. Também me arrepiei com os cruzamentos de dar nó nos miolos de qualquer engenheiro de trânsito. Fiquei horas boquiaberta, com o celular na mão, registrando a minha incredulidade e congelada na calçada só de pensar em atravessar a rua. Essa é uma sensação  todo turista ocidental – ou acidental – com certeza vive.

Faméilia em um só moto em Hanói, Vietnã (c) Bailandesa

Você vê famílias inteiras em um só moto por Hanói e em todo o Vietnã. (c) Bailandesa.nl

Você já leu? Onde ficar na Turquia. Dica de hospedagem na costa do Mar Egeu

2. As máscaras

A primeira coisa que você nota são as motos, mas depois você vai perceber que quase todo os motociclistas estão com máscaras no rosto. E  se você reparar mais um pouco, verá que a máscara se tornou um elemento do estilo. Assim, você verá que as máscaras combinam com as jaquetas e que as jaquetas já vem com uma máscara como extensão do capuz.

Mulher em moto com capa e máscara - Hanói - Vietnã (c) Baialndesa.nl

Jaquetas, máscaras e capas protegem contra o sol, poluição e poeira e fazem parte do estilo (c) Bailandesa.nl

Por que as máscaras?

As máscaras são usadas por duas razões: proteção do sol e poluição. Já que a pele branca é o Santo Graal da beleza por aqui, eles protegem o rosto, mas também as mãos e braços.

Mulheres numa moto com máscaras em Hanói - Vietnã

A máscara faz parte da vida das pessoas em Hanói e no Vietnã (c) Bailandesa.nl

3. A cultura do café do Vietnã em Hanói

Hanoi é a capital do café no Vietnã, ou melhor, Ca Phe. Se tem uma coisa que me chamou a atenção foi o orgulho que os vietnamitas têm do seu café. O café foi introduzido no Vietnã pelos franceses e logo se incorporou no hábito local.

Café com coco em hanoi - Vietnã (c) Bailandesa.nl

O café com côco se tornou um dos meus vícios no Vietnã (c) Bailandesa.nl

Agora, se você vai pedir um café no Vietnã, prepare-se para muitas escolhas: com gelo ou sem gelo (sim, com gelo! E você ainda vai pedir um), com leite, com leite condensado, com iogurte, com leite condensado e haja opções.

Cong Caphê em Hanói - Vietnã

O Cong Caphê é uma rede de cafés temáticos no Vietnã que explora a atmosfera militar e do comunismo. Recomendo muito o café com côco. (c) Bailandesa.nl

Apesar da corrida vida em Hanói, sempre se tem um tempinho, ou melhor, 3 minutos, para esperar o café ser coado no phin, ou coador vietnamita de café. Para mim, parecia uma terapia, ver o café ser passado e gotejar diretamente no meu copo. Esse virou o  meu ritual matutino.

Café vietamita

Ca Phe, o típico café vietnamita (c) Bailandesa

4. Bia Hoi, o melhor da vida noturna em Hanói

Bia é cerveja em vietnamita e Bia Hoi é uma cerveja vietnamita, mais barata e com um teor alcoólico mais baixo. Mas o termo Bia Hoi extrapolou a categoria e agora o termo remete à autêntica e icônica vida noturna de Hanoi.

Bia Hoi é sentar na calçada, em banquinhos minúsculos e tomar cerveja acompanhada da comida local, como um churrasco típico, rolinhos e outras iguarias de Hanoi.

Bia Hoi em Hanói, Vietnã (c) Bailandesa.nl

Um churrasco ao ar livre ou uma sopa com noodles. Sempre acompanhado de cerveja, é claro. Delícias da culinária Vietnamita (c) Bailandesa.nl

Mas onde? No cruzamento entre as ruas Ta Hien and Luong Ngoc Quyen é o point para mergulhar nessa experiência e interagir com o burburinho da efervescente Hanói. O local fervilha de sorrisos, cheiros e sons e se você quer viver Hanói, tem que provar o Bia Hoi.

5. A Feira Livre Noturna de Hanói

Viajar para a Ásia e não ir a um mercado ou feira livre é como ir à Paris e não comer um baguete. Por isso você tem que ir à Feira Noturna que fica no Quarteirão Antigo. Em Hanói, o quarteirão antigo é nervo central da cidade. É como se toda a energia da cidade fosse transmitida a partir de lá. E nas noites de final de semana, a coisa ferve mesmo, com a Feira livre Noturna ou Weekend Night Market.

Feira Noturna em Hanói Vietnã (c) Bailandesa.nl

A feiras noturnas acontecem no final de semana e é um programa para turistas e locais (c) Bailandesa.nl

O que você encontra?

Talvez, a melhor pergunta seria o que você não encontra em uma rua de 3 quilômetros com mais de 3000 barracas. Como em toda feira, você vai encontrar: roupas, artesanato, acessórios, lembranças e um monte de bugiganga, e claro, comida típica.

Strret food em Hanói - Vetnã

Nos mercados ou feiras de final de semana você encontra de tudo e muita street food (c)Bailandesa.nl

Provavelmente você vai me perguntar: o que você comprou? Na verdade, nada.  Acho que para os turistas, a experiência vale mais do que a barganha. Então entre na muvuca e sinta Hanói na veia.

O mercado fica aberto nos sábados e domingos, das 19:00h às 23:00h. E aí vai uma dica: fique atento com as scooters. As ruas estão fechadas, mas só para carros. As scooters aparecem de todos os lados e eles amam a buzina.

Essas são as primeiras impressões de uma viagem que mexeu demais com a minha cabeça. Quero compartilhar tudo o que vi, mas também o que senti e aprendi nessa viagem.  Logo, logo, conto mais.

E você, já foi a o Vietnã? Conte a sua experiência pra gente e o que você achou do país.

Share.

Comments are closed.