create counter

10 dicas de como viajar de trem na Europa

431

Nos últimos anos viajei bastante de trem na Europa, O suficiente para colecionar algumas dicas sobre o meio de transporte mais popular no continente Europeu.

Viajar de trem é mais charmoso, mais simples, tranquilo, não preciso chegar com horas de antecedência, não preciso passar por toda o processo de segurança e sim, é mais confortável.  Se o seu tempo e orçmenteo de viagem permitem, recomendo com fervor. E se você prestar atenção nas próximas dicas, a sua viagem de trem na Europa vai ficar muito mais fácil.

1) Bagagem. Viaje leve

OK, você chegou na estação, com aquela mala imensa, com uma beauty case cheia de frascos e cremes, um sapato e uma roupa para cada ocasião. Vai arrasar, certo? Errado. A única coisa que você vai arrasar é a sua coluna. Ao viajar de trem, a sua mala será como um bichinho de estimação andará sempre grudadinha com você. Você decide se que arrastar um mini-poodle ou dinamarquês. Aqui, a mala vale cada quilo que pesa. Ah, e com rodinhas que funcionem, por favor!

 

Viajando de trem na Europa - © Bailandesa

2) Lugar para bagagem no trem 

Mais um motivo para pensar três vezes antes de colocar  na mala aquela blusa só para lhe dar mais uma opção. Nem todos os trens tem lugares para bagagens maiores. Geralmente é um maleirinho acima da sua cabeça, um espaço no entre vagões ou um espaço entre os assentos. Por isso, faça sua mala de forma inteligente e num tamanho razoável.

Trem na Europa

 

3) Lugar para bagagem na estação

Às vezes queremos apenas passar o dia em uma cidade e seguir para um outro destino no mesmo dia. E aí, o que fazer com a bagagem? A maioria das estações de trem na Europa têm serviço de guarda-volumes. Geralmente são self-service e alguns podem ser pagos até com cartão de crédito.

Trem - Slovenia - Europa

 

4) Segurança na estação. Olho vivo e sem vacilo

Quem vem de países como o Brasil já é gato escaldado em relação à segurança, mas aviso aos viajantes: turista, por definição, é um sujeito relaxado e desatento. As estações de trem são relativamente seguras, mas não dá pra vacilar. É muita gente, muita agitação. Ficar de olho na bagagem, usar a mochila virada para frente e não cair em conversa mole de estranhos são bons conselhos e não é exagero. Cuidado redobrado na alta estação.

Split Central - Estação - Croacia

 

5) Encontrando o seu trem

Haverá sempre um placar eletrônico, como nos aeroportos indicando o horário e a plataforma que sai o seu trem. Fique de olho e chegue a tempo para encontrar a sua plataforma sem estresse. Hoje em dia existem diversas apps de diversas ferrovias européias que dão informação atualizada sobre os horários do trem. E também tabela de horários online. Use e abuse para planejar a sua viagem.

 

Trem - Europa

 

6) Achando o seu lugar no trem

Se você comprou um bilhete ou fez uma reserva, você terá em mãos um documento com  a classe, o número do vagão e do assento. Um erro muito comum é sentar no assento certo, mas no vagão errado. Do lado de fora, próximo à porta, geralmente há a indicacão do carro. Fique atento também à classe do bilhere (1a ou 2a). Muitas vezes nas plataformas existem cartazes indicando a composição do trem: onde ficam a 1a e 2a classes e onde fica o vagão-restaurante. Chegando a tempo, dê uma olhada. Facilita bastante.

 

Estação de trem de Colônia, Alemanha

 

7) Saltando na estação e ficando no vagão certos

Nem sempre a sua estação é o destino final do trem. Para não  saltar no lugar errado e ficar com cara de cachorro que caiu do caminhão da mudança, veja com atenção o trajeto e veja quantas estações estão no seu plano de viagem. Não se esqueça que nem todos os trens têm painéis eletrônicos e muitas vezes, as estações são anunciadas em línguas que você não conhece. Ah, uma das surpresas mais desagradáveis é sentar num vagão em que não vai para a cidade que você quer. Algumas vezes o trem se divide em uma determinada estação e alguns vagões vão para outra direção. Informe-se bem e cheque se na plataforma tem o cartaz com a composição do trem.

 

Estação Rossio - Lisboa

 

8 ) Sempre que possível faça reserva

Certa vez, voltando de Frankfurt, viajando com um Passe, não fiz uma reserva de assento. Resultado: fiquei na dança das cadeiras até chegar na Holanda. Toda que vez que o trem parava numa estação, chegava alguém com o papel da reserva na mão, falando: –  esse lugar é o meu. O preço das reservas variam bastante e para alguns trens, como de alta velocidade, podem ser caras e obrigatórias. Mas para outros, são apenas alguns euros que compram a sua tranquilidade.

Flambana - Noruega - trem - Europa

 

9) Tem comida no trens na Europa?

Nem todos os trens tem vagão-restaurante ou snack bar. A qualidade também pode variar bastante. Uma coisa não varia: os preços. Geralmente não são muito convidativos. Uma opção é trazer o seu próprio lanche. Caso viaje de 1a classe, alguns trens como na Espanha, Alemanha e o França oferecem café, chá e, em alguns casos, snacks ou refeições.

Tapas Noruegueses - KLass Komfort

 

10) Dormindo num trem na Europa

Já dormi quatro vezes no trem: de Madri para Lisboa, de Zagreb para Split na Croácia, de Amsterdam para Munique e de Helsinki para Rovaniemi na Finlândia. As cabines, que podem ser individuais ou não, são confortáveis e em alguns casos, como na Finlândia e no trem-hotel de Lisboa para Madri, existe banheiro privativo e chuveiro.

Não vou lhe dizer que é a mesma coisa de um cama de hotel, mas na maioria das vezes consegui dormir bem. Caso a grana não permita uma cabine , existem as poltronas reclináveis e em muitos casos, um cobertor e um travesseiro são oferecidos. Para quem já dormiu (ou tentou) numa classe econômica de avião, é café pequeno. Nesse caso, o banheiro será compartilhado, localizado no corredor. A reserva em trens noturnos é obrigatória.

 

A decisão de viajar ou não de trem deve ser decidida tendo como base diversos fatores: o tempo disponível, o itinerário desejado, o orçamento, o estilo do viajante e muitos outros. Uma coisa é certa: tem trens para todos os gostos e bolsos. Não espere a mesma qualidade de trens em todos os países. A diversidade europeia se reflete na sua rede ferroviária.

A maior dica que se pode dar é planejar muito bem e fazer bem as contas.

E você, já viajou de trem na Europa? Como foi?

 

 

Share.

431 Comentários

  1. Olá, Bailandesa

    Primeiramente gostaria de parabenizar o seu blog e o carinho e atenção que tem prestado a todos que fazem perguntas e isso você há anos!!
    A minha dúvida que irei com a minha família visitar a Europa pela primeira vez de Janeiro de 2018 onde visitaremos a Itália (Roma e Veneza), Suiça (Zurique) e França (Paris) e realmente estou com dificuldades em obter esses bilhetes, acredito que estou antecipada nesta compra e por isso a não disponibilidade. A minha outra preocupação é com relação o percurso maior que é Veneza x Zurique.

    Abraços,

    • Olá Elisana,

      Quw bom que você gostou do blog! É um prazer responder aos comentários dos leitores.
      Os bilhetes da Italia podem ser comprados no site da ferrovia italiana. Também o percurso Veneza Zurich pode ser comprada por este site. Trenitalia: http://www.trenitalia.com/
      OS da França podem ser comprados pela ferrovia francesa: https://en.voyages-sncf.com/en/
      Um outra opação é um procurar um agente de viagens que pode reservar os bilhetes para vocês.

      Boa viagem!

  2. Karine Rossafa on

    Olá! Adorei seu blog!!! Preciso da sua ajuda. Eu e minha irmã estamos agendando uma viagem para Europa no mês de maio. Estamos pensando em ir para Espanha e, através do trem fazermos outros países. Li que precisamos comprar as passagens com 90 dias de antecedência, para obter um desconto maior. Você acha que conseguíramos fazer Itália, França, Londres, Portugal e Amsterdã? Muito obrigada!! Abraços.

    • Oi Karine,

      Pena que cheguei tarde para responder a sua pergunta, mas realmente quanto antes comprar, melhor serão as tarifas. Esse é um trajeto possível, porém longo. Tudo depende por onde vc vai entrar. Você pode ir de Londres a Paris de trem. De paris para Amsterdam ou para a Italia. No entanto Portugal, ficará meio fora de mão.

      Espero que esteja aproveitando a sua viagem!

  3. Olá Bailandesa. Adoramos seu blog. Parabéns!!! Gostaríamos de uma orientação! Estamos morando em Amsterdam (eu e meu marido) e faremos uma viagem em agosto com meus pais e meu sobrinho para a Itália. Estamos pensando em parar na Alemanha, Suíça e Áustria por 1 ou 2 dias. Vc teria algum roteiro curto dos principais pontos turísticos de Alemanha, Suíça e Áustria? Vc nos indicaria dormir em hotel ou no próprio trem? Durante a viagem de trem nós conseguiremos apreciar a paisagem?
    Já na Itália (Florença, Roma e Veneza) vamos ficar mais dias e teremos mais tempo para conhecer!!
    Muito obrigada e um ótimo 2017.

    • Olá Renata,

      Que bom que gostou do blog! Acho 1 ou 2 dias um periodo bem curto para esses 3 países. Voce pode pensar em ir a Colonia. De Colonia voces podem passar em Basel (Basileia) na Suíça. Seguir para Milão e de lá para Floren;ca. MAs para valer a pena, tem que ser mais de 2 dias. Senão fica muito cansativo..
      Boa viagem!

  4. Olá! excelentes as suas dicas; já viajei de trem de Londres a Paris e de Roma a Firenze e Pisa e foi muito legal realmente; paisagem linda, tudo no horário; só fiquei sabendo na hora sobre a validação obrigatória das passagens de trem antes do embarque na Italia, mesmo comprando direto na estação, porque tem uma validade especifica a passagem de trem, né ? e pode render até mesmo multa; você sabe se existe trem noturno de Paris a Frankfurt ? se sim, qual companhia ?

    • Olá Silvio, existem trens direto de Frankfurt para Paris. A viagem dura em torno de 4 horas. Não é preciso um trem noturno. Quanta à validação obrigatória, provavelmente você se refere ao passes de trens e não aos bilhetes de um ponto a outro que são validados.

      Obrigada pela sua visita e volte sempre.

  5. Oi Bailandesa…………………adorei o seu Blog e suas dicas. Decidi te pedir ajuda. Estamos planejando uma viagem a Portugal…..para agosto de 2018. Recebemos um convite para viajar e se tudo der certo iremos ficar hospedados em Lisboa, estaremos em dois casais e pensamos em conhecer mais lugares de trem. É a nossa primeira vez na Europa e não falamos Ingles…..arranhamos um pouco espanhol. Esse casal que estará conosco quer chegar até Paris….então pensei…pegamos o trem vamos até Paris e voltamos por trechos conhecendo outros lugares…..esse pensamento está correto? Onde consigo planejar melhor? Qual a sua dica? Será que conseguiremos nos virar sem falar a lingua? Não posso perder essa oportunidade, pois em 4 pessoas acredito ser mais facil num lugar onde vamos pela primeira vez ne? Um abraço. Eliane

    • Olá Eliane,

      É possível ir de trem de Lisboa à Paris, mas é um longo percurso. Você pode fazer por exemplo: Lisboa _ Madri ( trem noturno). Madri – Barcelona e Barcelona- Paris e depois voar de volta. No entanto, é preciso conferir os preços e comparar com as passagens aéreas para ver o que seria melhor e mais vantajoso pra vocês.
      Acredito que a língua não seja problema. Lugares turísticos estão habituados a lidar com o turista.

      Talvez seja um agente de viagens possa lhe ajudar com reservas de trens e/ou voos.

      Boa viagem

  6. Boa tarde, meu nome e vânia,gostaria de umas dicas,gostaria de viajar ate Lisboa de trem, saindo do Brasil indo ate CUSCO Peru,e de la ate lisboa,quero saber se e possível essa rota e se posso levar junto a mim meu pet, um shitsu tzu.

    grata!

    • Olá Vania,

      Não possível do Peru para a Europa de trem. Talvez fosse melhor primeiro aproveitar o Peru e depois fazer uma viagem à Europa e conhecer Lisboa e outras cidades.
      Boa viagem!

  7. Oi Bailandesa
    Estamos programando uma viagem de trem Amsterdam-Bruxelas para Abril 2017 e estou preocupado com a bagagem já que faremos um roteiro de avião e ônibus por vários paises. Entrei no site da Thalys e ficou a dúvida como embarcar a bagagem (1 malha grande e 1 mala de mão). Grato

    • Olá Pedro, geralmente os trens não têm limite de bagagem. Você leva a bagagem com vc e coloca ou acima da sua poltrona, casa a a mala caiba ou em lugares apropriados entre os vagões. Boa viagem!

  8. Oi Baliandesa, muito legal e instrutivo seu blog. Esta me ajudando demais a conhecer melhor o país que pretendo morar.

    Estou atualmente morando em Lisboa e vou me mudar para Holanda, como estou com total redução de custos pensei na possibilidade de ir de trem? Você acha que é possível, este link que você enviou para algumas pessoas sobre os horários de trem eu não estiou conseguindo entender muito bem.

    Aobrigada e parabens

    • Olá Tamires, que bom que achou e gostou do Bailandesa
      não acredito que sairia mais barato vir de Lisboa para a Holanda de trem, além disso é um trecho muito longo. Existem passagens aereas bem accessiveis atualmente. É melor vir numa dessas companhias aéreas baratas.

      Boa viagem e sucesso!

  9. Olá Bailandesa, em primeiro lugar como todos os comentários anteriores só tenho elogios ao seu blog. Seus posts são muito interessantes e de grande ajuda pois são bem explicativos. Parabéns pelo potencial.
    Bom, ano que vem entre Julho/ Agosto de 2017 estou fechando uma viagem com mais 2 amigas para Europa. Gostaria de saber se é possível conhecer todos esses lugares de trem e se você pode me dar algumas dicas p nos principiantes rs
    O trajeto seria: Paris – Amsterdam – Londres – Roma – Santorini (não necessariamente nessa ordem, mas são os lugares que gostaríamos de conhecer em 15 dias). Compensa pegarmos trens noturnos? Conseguimos comprar antecipadamente os passes aqui no brasil? Muito obrigada desde já 😉

    • Oi Natalia, Obrigada pelos elogio e principalmente por visitar o Bailandesa.
      Recomenrdaria você a fazer Paris, Amsterdam e Londres de trem. Para Roma, ficaria muito longe. Usaria o avião para Roma e Santorini. Lembrando que de Amsterdam para Londres de Trem, você teria que ir até Bruxelas e de lá pegar o trem Eurostar.Talvez fosse melhor ir de PAris a Londres e depois Bruxelas, Amsterdam e de Amsterdam voar para Roma e seguir para Santorini de avião.
      Visite os sites do Thalys e Eurostar e também faça a comparação com o preço das passagens aéreas para ver como seria mais vantajoso. Para esse itinerário o passe não seria indicado. Boa viagem!

      http://www.eurostar.com/
      https://www.thalys.com/nl/en/

  10. Ola preciso de suas dicas..adorei seu texto, mas tenho duvidas. Estou indo a Paris com meu noivo, de lá partiremos para Amsterdam, logo Amsterdam para Bruxelas e de la voltaremos a Paris. Saberia me dizer se tem algum passaporte que poderia dar descontos?, ou se teria como ir de Amsterdam a Bruxelas sem necessitar pagar as passagens desse percurso? pois é caminho para Paris. Vou comprar as passagens antecipadas para pagar o menor valor, mas neste caso seria possível economizar de outra forma? obrigada

    • Oi Giselle,

      Obrigada pelo seu comentário e visita ao blog. Olha, para esta quantidade de trechos, não conheço algum passe que poderia te dar descontos. Nesse caso, você precisa de um ticket de Amsterdam para Bruxelas e depois um de Bruxelas para Paris. Porque o seu assento estar’a reservado para aquele trem naquele dia, naquele horário.
      Aproveite a sua viagem e volte mais vezes!

  11. Olá … preciso de sua ajuda .. desembarco em Barcelona em 13/01/2017 e minha viagem queria dividir em Barcelona e Porto . Como viajo de trem para esses lugares e dá para comprar com essa antecedência pois preciso fechar os hotéis e isso é de estrema importância …to tão confusa… já pensei em ir de avião mas as taxas são absurdas …

    • Olá Jaqueline,

      A distância entre Porto e BArcelona é bem grande. Não aconselharia a você a fazer esse trecho de trem. A não ser que fosse parando por outras cidades. Você pode tentar as companhias aéreas mais baratas como vueling, easijet, ryanair etc.. Mas lembrando que eles tem muitas restrições de bagagem.

      Boa viagem!

  12. Gilberto Souza dos Santos on

    Amada Bailandesa

    Parabenizo pela excelentes informações prestadas, Estarei fazendo um mochilão com o meu filho pela Europa saindo no dia 08/07/16 e retornando no dia 06/08/16 e o roteiro é o seguinte.
    Brasil – Lisboa – Aéreo
    Madri – Barcelona – Paris – Londres – Bruxelas – Amsterdam – Berlim – Cracóvia – Praga – Viena – Veneza – Roma – Trem.
    Roma – Brasil – Aéreo

    Já realizei algumas pesquisas sobre tempo de de um pais a outro, já consultei as tabelas de horários e as que precisam fazer reservas, principalmente os trem de Alta Velocidade e os noturnos. Estou preste a adquirir o Global Pass e lendo as perguntas formuladas no seu blog, me veio a dúvida, se eu tenho o passe, ainda preciso comprar outro com a reserva ou somente realizo as reservas.

    Grato. GILBERTO

  13. Olá!
    Planejo uma viagem de Cracóvia para Praga pela Leo Express. Primeiro trecho de ônibus. Após, trem. Como saber qual poltrona é virada para frente e qual para trás? Viajar de costas pode dar enjoo… hehe

    • OLá RR, às vezes, no site da ferrovia eles têm os mapas dos trens. Não conheço o Leo Express. Caso não consiga, sempre é possível pedir para trocar o lugar 🙂
      Boa viagem!

  14. Olá Bailandesa, estou viajando pela primeira vez para a Europa com a minha mãe de 79 anos e minha filha de 21 anos. Desembarcaremos no dia 27/05 em Lisboa, queremos ir à Fátima e Porto. Pretendemos ficar em Portugal apenas 4 dias. Dia 01/06 seguiremos para Roma e aí permanecermos 6 dias. Queremos conhecer além de Roma, Florença, Assis e Veneza. Seguiremos a Paris para 3 dias e de lá retornaremos a Lisboa para virmos para o Brasil. Gostaria que você nos desse umas dicas destes deslocamentos de forma mais econômica. Sem muito estresse, já que a minha mãe estará conosco. Só um detalhe em Portugal ela não irá à Porto e na Itália ela não vai para Florença e Veneza. Pois vimos que é muito pesado para ela.
    Ficarei grata, com sua preciosa ajuda.

    • Olá Socorro, os trechos em Portugal você pode fazer de trem. Depois poderia voar para Roma e fazer os trechos na Itlai também de trem. O qu evocê deve levar em consideração é a bagagem. Cada decida pelo trem, recomendo que viajem leve. O trem talvez não seja a forma mais econômica, mas é mais confortável. Tem que olhar bem os custos diretinho, muits vezes essas empresas aéreas mais baratas tem custos que nem sempre são claros como bagagem, check-in e tec. Aconselho a você a procurar um agente de viagem.

      Boa viagem!

    • Olá Patricia, ee bem fácil ir da França para a Itália de trem. Existem inclusive trens noturnos que ligam Paris à diversas cidades da Itália.https://www.thello.com/ =. Também existem outros trens que ligam a França à Italia, mas você terá que fazer mais baldeações.

      Boa viagem!

  15. RENATA EPAMINONDAS on

    Olá Baillandesa, boa noite! Achei o máximo o seu blog, muito informativo. Estou viajando para Portugal e Espanha com o meu marido e filho de 9 anos. Quero saber de você com quanto tempo de antecedência eu posso comprar as passagens de trens ? Vou de Barcelona para Madri no dia 01/02/16 – depois de Madri para Sevilha no dia 04/02 – ainda vou de Sevilha para Granada no dia 06/02. Como achei a distancia grande de Granada para Barcelona vamos de avião. Então queria sua ajuda neste roteiro e o melhor site para essa compra. MuIto obrigada por receber este e-mail. Abcs, Renata

    • Olá Renata, obrigada pelo seu email. Olha, geralmente você pode comprar as passagens de trem com bastante antecedência.Provavelemnte você já deve ter comprado. Vc pode comprar seus bilhetes diretamente com a ferrovia espanhola http://www.renfe.com/ ou agentes de viagem no Brasil especializados em trens. Boa viagem!

  16. Olá!
    Adorei seu post! As dicas sobre como viajar de trem na Europa são valiosíssimas, especialmente para quem nunca fez essa aventura…
    Eu e meu marido vamos passar as festas de fim de ano na Europa (sim, vamos passar frio mesmo, e de propósito! A ideia é fazer viagens de trem entre os países principais:
    – De Bruxelas a Amstedã
    – De Amsterdã a Berlim
    – De Berlim a Praga
    Eventualmente, faremos alguma viagem nas cidades menores (Gantt e Brugges, por exemplo, mas isso vai ser decidido na hora, pois já vi que é tranquilo fazer essa viagem em um dia).
    Quanto aos trechos acima, minha dúvida é: Precisamos comprar os bilhetes antecipadamente? Vi que é possível comprar Rail Europe, Thalis (creio que são os trens mais rápidos), porém estou em dúvida sobre a real necessidade de planejar esses trechos com antecedência, ainda mais que temos malas para levar (1 grande e uma menor) pois vamos ficar alguns dias em cada cidade.
    Se puder nos ajudar dando dicas, agradeço imensamente!!!!

    E parabéns pelo blog!!!!!!

    • Olá Michela,

      Desculpa o atraso em responder seu comentário, mas esse último trimestre de 2015 foi realmente muito atribulado. Quanto às viagens domésticas na Bêlgica, não é preciso comprar com antecedência. Você pode comprar quando estiver na Europa.
      Obrigada por visitar o Bailandesa!

  17. Oi Bailandesa, em Julho de 2016 vou com meu Marido e minha Filha de 2 anos para Portugal visitar meu Sogro, depois gostaria de ir de Portugal para Paris de trem, você acha que é mais comodo? Os valores das passagens de trem é mais em conta do que de avião. Desde já obrigada.

    • Olá Naira,a distância entre Lisboa e PAris é bem grande. A viagem de trem ‘e possível, mas aconselharia a ir parando. Eu faria esse trecho de avião.

      Boa viagem!

  18. Marco Dias on

    Olá Bailandesa . Como vai?
    Tenho uma dúvida específica. Olhando no site da ferrovia austríaca OBB, há uma série de horários de trens rápidos no trecho Praga-Vienna, alguns diretos, outros com conexões curtíssimas de três minutos em Breclav. Curioso é que os trens diretos também passam por Breclav. Essas rotas são vendidas diariamente. Nas regras das passagens promocionais está escrito que a passagem só é válida nos trens especificados. Será que essa regra é mantida quando o atraso é culpa da companhia?
    Assim, é perigoso comprar a passagem num horário com conexão muito curta?
    Será que é o mesmo trem que segue adiante com outra denominação de rota e consideram uma conexão?
    Ou ainda, será que envolve aquele esquema que vc falou de que o trem se divide e parte dos vagões segue um caminho diferente?
    Obrigado desde já pela atenção.

  19. Olá Bailandesa,

    Parabéns pelo site e pelo post (muito esclarecedor). Já estive na Europa algumas vezes, mas geralmente viajo de avião entre os países. Dessa vez pretendo utilizar o trem como meio de transporte entre algumas localidades:

    dia 11/10/15 Amsterdan a Bruxelas;
    dia 24/10 de Budapeste a Viena;
    dia 28/10 de Viena a Munique;
    dia 01, dia 02 e dia 03/11 passeios a Salzburg, Fussen, e Rotemburg respectivamente. Penso em fazer “bate e volta” saindo de Munique utilizando o Bayern Ticket (como somos três pessoas imagino ser mais econômico que alugar um carro).
    Dia 05/11 de Munique (ou Frankfurt) para Amsterdan. Não sei se sair de Frankfurt seria mais interessante (visto que se for de Rotemburg para Frankfurt a viagem de trem até Amsterdan não seria tão longa). Mas, se a opção por sair de Munique for mais viável não há porque não fazê-lo.

    Porém, como não tenho nenhuma experiência em trajetos de trem na Europa tenho a seguinte dúvida: como devo proceder para fazer esses trechos de trem? Seremos três adultos de 49, 55 e vinte e cinco anos.

    Qualquer dica será de grande valia para planejar a viagem e comprar antecipadamente as passagens. Agradeço muitíssimo sua ajuda!!

    Um abraço,
    Ariadne

  20. Olá Bailandesa,

    Parabéns pelo site e pelo post (muito esclarecedor). Já estive na Europa algumas vezes, mas geralmente viajo de avião entre os países. Dessa vez pretendo utilizar o trem como meio de transporte entre algumas localidades:

    dia 11/10/15 – Amsterdan a Bruxelas;
    dia 24/10 – de Budapeste a Viena;
    dia 28/10 – de Viena a Munique;
    dia 01, dia 02 e dia 03/11 passeios a Salzburg, Fussen, e Rotemburg respectivamente. Penso em fazer “bate e volta” saindo de Munique utilizando o Bayern Ticket (como somos três pessoas imagino ser mais econômico que alugar um carro).

    Dia 05/11 – Munique (ou Frankfurt) para Amsterdan. Não sei se sair de Frankfurt seria mais interessante (visto que se for de Rotemburg para Frankfurt a viagem de trem até Amsterdan não seria tão longa). Mas, se a opção por sair de Munique for mais viável não há porque não fazê-lo.

    Porém, como não possuo nenhuma experiência em trajetos de trem pela Europa tenho a seguinte dúvida: como devo proceder para fazer esses trechos de trem? Seremos três adultos de 49, 55 e vinte e cinco anos.

    Qualquer dica será de grande valia para planejar a viagem e comprar antecipadamente as passagens. Desde já agradeço muitíssimo sua ajuda!!

    Um abraço,
    Ariadne

  21. Olá Bailandesa!
    Vou viajar para a Europa com familiares (somos um grupo de 6), para visitar uma sobrinha que está em Londres estudando, e também passear. Vamos no dia 24/07 e voltamos dia 13/08/2015. Como teremos que ir a Frankfurt, para embarcar uma das viajantes, que tem que voltar mais cedo por causa do colégio, gostariamos de continuar a viagem fazendo o percurso Frankfurt-Roma, no trem noturno. É uma boa, ou é uma “roubada”? São quantas horas de viagem? Tentei entrar no site, para ver todos esses detalhes, mas não consegui. Um dos problemas é que só falo português.
    Grata pela atenção.
    Rosangela

    • Olá Rosângela, essa seria uma viagem de mais de 13 horas, com pelo menos 2 trocas de trem Não recomendaria a você fazer de trem.
      Boa viagem!

  22. Andei lendo dicas em posts como este, e realmente ajuda muito, segui várias dicas que lí pela web, e a minha primeira viagem em trem dormitório foi de Estocolmo na Suécia pra Copenhage na Dinamarca na ida e Trem diurno na volta, deu tudo muito certo, levei apenas uma mochila de colocar nas costas com o básico para um final de semana, sendo que boa parte dele eu gastaria no percurso, comprei com antecedência pelo site da SJ.se recebi no celular, super prático, unica coisa que quem comprava lugar lugar em classe sem tomada acabava se complicando com essa opção de bilhete, a dica é imprima o seu, pois a bateria geralmente acaba e ao menos umas 3 vezes fizeram checagem do meu bilhete durante a viagem pra conferir classe etc. Foi a primeira de muitas, gostei bastante, a próxima pretendo fazer Estocolmo x Berlim e depois Estocolmo Cracóvia. Boa Sorte pra todos

  23. Obrigada pelo seu comentário Luciana e pena que não pude te responder a tempo. Olha nem sabia dessa exigência de vacina de febre amarela para Amsterdam.
    Espero que tenha feito uma boa viagem!

Leave A Reply