create counter

Rijksmuseum. O Museu Nacional reabre em Amsterdam

4

Depois de reforma milionária que durou 10 anos, finalmente o Rijksmuseum, o Museu Nacional em Amsterdam, abre suas portas para o público. A obra mais importante do Rijksmuseum é  a “Ronda Noturna”, famoso quadro de Rembrandt, mas o acervo do Museu Nacional, na verdade, tem 1 milhão de objetos – dos quais 8000 são exibidos. Para você ter uma ideia da dimensão, o museu tem 1 quilômetro e meio de obras de arte, exibidas em 80 salões.

História e arte

Pierre Cuypers foi o arquiteto responsável pelo projeto do magnífico edifício que abriga o museu desde 1885 e  Sevilha Antonio Cruz e Antonio Ortiz foram os responsáveis pela renovação. O objetivo era valorizar ainda mais gótico-romântico de Cuypers.

rijksmuseum - holanda- Amsterdam - Museu

O acondicionamento dos objetos foi confiado ao francês Jean-Michel Wilmotte, conhecido pelo seu trabalho no museu do Louvre.  Ao passear pelos salões do Rijksmuseum, você não verá apenas obras de arte exibidas por categorias. Você admirará a arte contextualizada nos períodos históricos. Os objetos mantêm uma relação entre si. É uma real viagem à atmosfera da época. História e arte formando uma experiência única e coesa.

Ronda Noturna. A estrela do Museu Nacional em Amsterdam

A única peça que não mudou de lugar foi a a Ronda Noturna de Rembrandt. Só que isso não quer dizer que nada mudou no salão que já era especialmente destinado à obra. A exposição ganhou em dramaticidade. Agora, o visitante agora encontra-se na linha de fogo. Enquanto os homens no quadro expressam a tensão do momento.

Ronda Noturna - Rembrandt - Rijksmuseum - Holanda ©Bailandesa.nl

O Porta-jóias do Museu

O Pavilhão asiático agora se encontra no pátio. Uma estrutura super moderna de concreto e vidro é o abrigo da coleção de arte asiática. O chamado “porta-jóias”.

Quatro tons de cinza

As paredes no novo Rijksmuseum estão cobertas de quatro tons de cinza. Cada andar tem o seu próprio tom. Para o Século de Ouro foi escolhido o tom mais escuro e para o século XX, o tom mais claro.

Rijksmuseum - Reforma - Holanda ©Het Parol/MG


Um túnel para ciclistas

Depois de muita discussão entre a Prefeitura e o Museu, a decisão foi favorável à Prefeitura e há um túnel para ciclistas ligando o centro de Amsterdam à região Sul da cidade.

Destaques do Rijksmuseum.

Quando você visita uma cidade pela primeira vez, é impossível ver e vivenciar tudo que se quer, não é mesmo?  É como se ter um buffet à sua frente. Não dá pra provar de tudo. Com um museu é a mesmo coisa. O melhor é planejar a visita e se concentra no que lhe interessa, aproveitando o audioguia e tendo uma experiência mais rica.

Separei algumas obras que acho imperdíveis, mas tem muito, muito mais:

  • Ronda Noturna, Rembrandt: a tela retrata um grupo da milícia de Amsterdam. A obra é datada do século XVII

  • A Criada na Cozinha, Jan Vermeer (1658): Um cena doméstica ganha vida sob o facho de luz que entra pela janela da cozinha. Um dos meus preferidos
  • Autoretratos de Rembrant e Van Gogh
  • A Noiva Judia, Rembrandt (1606-1669): Primeiro os nossos olhos vão para a mão dele sobre o seio coberto por um rico vestido, depois vamos descobrindo toda uma renda de detalhes. Só não consegui descobri a felicidade no olhar dele

  • A Toalete, Jan Steeen (1660): uma cena íntima de uma provável prostituta se despindo. O quadro tem vários símbolos, como cachorro no travesseiro que simboliza a infidelidade.

  • Paisagem de Inverno, Hendrick Avercamp (1618): Deixe -se perder dos diversos personagens e em todos os detalhes dessa paisagem de inverno tão holandesa.

  • Enchente no Dia de Santa Isabel, (1500): um desconhecido pintou uma parte de altar que revela a inundação  de 1421, quando 22 vilas foram destruídas.


Agora, mas do que nunca, a visita ao Rijksmuseum é obrigatória.

Confira o video de lançamento :

A abertura oficial é em 13 de abril, mas o museu estará aberto ao público a partir do dia 14 de abril.

Serviço:

Rijksmuseum

Museumplein/Museumstraat 1
1071 CJ Amsterdam
Telefone +31 (0) 20 6621 440

Website oficial: https://www.rijksmuseum.nl/br/informacao-para-visitantes

Preços:

Adultos: 15,00 Euros

Crianças e adolescentes até  18 anos: entrada gratuita

Museumkaart válido

Como chegar:

Partindo de Estação Central: trams (bondes) 2 en 5 (saltar no ponto Hobbemastraat)
Partindo de Estação Sul: tram 5 (saltar no ponto Hobbemastraat)
Partindo de Estação Sloterdijk: tram 12 (saltar no ponto Concertgebouw)
Partindo de Estação Amstel: metro para Weesperplein, a partir daí com o tram 7 ou 10 (ponto Spiegelgracht)
Partindo de Estação de ônibus Marnixstraat: ônibus 26, 65, 66, 170 ou 172
Partindo de Schiphol: ônibus 197, ponto: Hobbemastraat

 

Share.

About Author

4 Comentários

  1. Elaine P Morais on

    Ótima matéria Bailandesa, parabéns! Não posso esperar para visitar o novo Rijksmuseum! Um abraço, Elaine.

  2. Olá Clarissa,

    O Rijksmuseum esta lindão depois da reforma. Adorei!

    Gostaria de convida-la a participar do Meme: Onze de Três. Veja mais detalhes lá no viviemUK.

    Otimo domingo. Bjs,

Leave A Reply