create counter

 Procurando um hotel? Clique aqui, faça a sua reserva e apoie o Bailandesa.nl. 

A caminho da neutralidade de gênero na Holanda

2

Não se assuste se ao chegar em algum lugar na Holanda, não encontrar a plaquinha dos banheiros feminino e masculino. Uma pesquisa sobre a neutralidade de gênero na Holanda mostra que prefeituras adotam (ou pensam em adotar) cada vez mais medidas para oferecer um tratamento neutro aos seus moradores e turistas.

11659236_892980374073175_4720516360089727906_n

A Holanda foi o primeiro país do mundo a regulamentar o casamento entre pessoas do mesmo sexo e tem tradição de inclusão e pluralidade. Num momento em se discute tanto a identidade de gênero e orientação sexual,  a NOS, emissora pública de TV e rádio, fez uma pesquisa sobre a neutralidade de gênero na Holanda com 150  municipalidades. O que se vê é que as prefeituras estão adotando cada vez mais medidas para promover um tratamento mais neutro em relação aos gêneros dos seus moradores e visitantes.

Medidas para promover a neutralidade de gênero na Holanda

Banheiros unissex

Das 150 prefeituras participantes, quatro (Enschede, OSS, Arnhem e Veenendaal) afirmam ter banheiro unissex nos seus prédios. Arnhem aboliu as plaquinhas de banheiros feminino e masculino e outras 24 estão pensando em adotar medida semelhantes.

toilet unissex

Prefeituras holandesas começam a adotar o banheiro unissex Image: COC Eindhoven – twitter

Maneira neutra de se comunicar em cartas e documentos oficiais

Mais e mais prefeituras tentam ter o mínimo possível de perguntas relacionadas ao gênero em formulários. Em 21 uma delas já é uma medida concreta e 45 tem planos de seguir o exemplo. Claro que existem limites: quando o assunto é solicitação de seguro-desemprego ou benefícios sociais, fica mais difícil não relacionar com o gênero.  As prefeituras também querem evitar o tratamento Sr./Sra. na sua comunicação escrita.

neutralidade de gêneros na Holanda

A faixa de pesdestre arco-íris em Utrecht – Holanda

Amsterdam adota o guia da linguagem arco-íris

Amsterdam lançou um guia da linguagem do arco-íris (Regenboog taalgids) para os seus funcionário públicos se comunicarem de forma mais inclusiva. Nada obrigatório, mas sim dicas para melhorar a comunicação. Então nada de Senhores e Senhoras””, mas “Olá Pessoal” . Amsterdam quer continuar sendo a cidade onde todos se sentem bem-vindos. O guia foi lançado exatamente antes da Gay Pride, Parada Gay de Amsterdam.

eukenhof - Holanda - ©Bailandesa.nl

Campos de tulipas formam um arco-íris no chão.

A NS, ferrovia holandesa, também vai mudar a forma de cumprmentar os seus passageiros. A aprtir de 10 de dezembro, les mudam a forma de cumprimentar para “Beste Reizigers” ou “Caros viajantes Ou passageiros (as)”

Neutralidade de gênero: e como ficaria em português?

Em português fica mais complicado: temos  flexão de adjetivos segundo gênero; além de  artigos e substantivos femininos e masculinos. No holandês, os artigos “de”en “het” não têm relação com gênero. Aliás  – cá entre nós – não têm relação com nada. Existem muitas regras que não valem a pena aprender. O negócio é aprender qual artigo se aplica à determinada palavra. Mas voltando ao nosso lindo, bom e velho português, a língua neutra ou não binária já existe e é um vertente nova que troca o “o”ou ä”por x ou usa pronomes em espanhol como “su””mi”.  

Acho difícil a mudança da estrutura de uma língua já estabelecida.  O positivo aqui é a reflexão. A questão da inclusão vai muito além da língua e alguns podem dizer que a forma de tratamento nada muda, mas pode ser um primeiro passo. Se fizer alguém parar pra pensar antes de abrir a boca, esse passo terá sido na verdade um voo.

 

Share.

2 Comentários

  1. Ana Laura Vassoler on

    Tenho cidadania italiana, e eu e meu marido estamos nos programando para mudar para a Holanda em março de 2018. Muito medo, frio na barriga e ansiedade por deixar emprego, família, amigos e uma vida estabilizada no BR para ir viver em outro país. Ao mesmo tempo, muito empolgada para uma nova visão de mundo, oportunidades e novos desafios. Ainda não sei que cidade morar, mas com certeza algo bem diferente dessa loucurinha de São Paulo. Rsrs Algum conselho para mim? Adorei seu blog! Beijos!

    • Oi Ana Laura, realmente é um passo importante na vida. Entendo perfeitamente o que sente. O melhor “conselho”que posso lhe dar e se manter aberta à novas formas de viver e até de fazer as coisas mais simples. Aqu,i entendi que nem sempre a maneira que aprendi é a melhro ou mais correta. Essa é umoportunidade também de se redescobrir e aprender mais sobre você. Aproveite e já desejo uma ótima viaem e estadia na Holanda. Volte sempre ao blog!

Leave A Reply