create counter

 Procurando um hotel? Clique aqui, faça a sua reserva e apoie o Bailandesa.nl. 

A morte e a morte na Holanda

5

Como acontece o funeral na Holanda? Como os holandeses lidam com a morte? Quais são as diferenças culturais entre a Holanda e o Brasil? Quais são os costumes holandeses. Pra saber mais continue lendo.

A música quase embalava meus pés e nas minhas mãos tinha um coquetel que era o seu favorito. O restaurante tinha nome e ares franceses. Croissants e madeleines passavam no canto do meu olho. Olhos desatentos pensariam estar numa festa mas, o vai-e-vem das pessoas que se revezavam no palco, denunciaria o motivo da reunião. Elas chegavam ao palco e prestavam a última homenagem a amiga, mãe, colega, prima que, nos mínimos detalhes, escolheu o seu jeito de se despedir de todos.

Funeral na Holanda - enterro na Holanda

©Bailandesa

Em mais de dez anos de Holanda vivi a morte de diversas maneiras. A pior delas foi perder meu pai enquanto estava no outro lado do oceano. Esse é o pesadelo de todo imigrante: estar distante num momento como esse.  Mas houveram outras experiências e bem diferentes do que conhecia no Brasil. No ano passado perdemos dois amigos e mais uma vez vi bem de perto o mar de diferenças que existe entre Brasil e Holanda quando o assunto é lidar com a morte.

Funeral na Holanda - Bailadnesa.nl - enterrro na Holanda

©Bailandesa

A morte como algo natural

Sempre admirei a naturalidade com que a morte é encarada (e discutida) aqui na Holanda. No Brasil o assunto sempre foi e ainda é um tabu. Algo que evitamos pensar e falar sobre.  Falar sobre a morte é algo mórbido ou para muitos “traz mau agouro”. Lidamos com a morte como se fosse uma probabilidade e não como uma certeza.

Inverno na Holanda ©Bailandesa.nl

No Brasil, tudo acontece muito rápido. É quase como se fosse uma forma de passar pela dor o mais rápido possível. Lógico que o clima tropical, a falta de estrutura ou tradição para aguardar mais dias contam; mas, para mim, vai além disso. Sinto que não conseguimos lidar bem com a dor. Seja ela física ou emocional, é preciso evitá-la, escondê-la ou passar por ela o mais rápido possível. Vejo que na Holanda as pessoas temem menos porque são mais expostas à dor e aprendem a lidar melhor com ela.

Costumes do funeral na Holanda  

A cremação corresponde a cerca de 60% dos funerais, mas o funeral na Holanda não acontece tão rápido como no Brasil. Ele acontece em média cinco dias após o falecimento. Nesse período, a família organiza a cerimônia, envia cartões com detalhes e instruções da cerimônia e, mais importante, se despede da pessoa. Na maiorias das vezes, o corpo fica num lugar onde as pessoas podem se visitar em horários específicos. Às vezes, esse lugar é a própria casa.

funeral na Holanda - ©Bailandesa.nl

©Bailandesa

É comum acontecer uma cerimônia antes do enterro ou cremação. Essa é a oportunidade das pessoas prestarem homenagens ou lembrarem os bons momentos que passaram com a pessoa que se foi. Isso inclui crianças, que também vão aos funerais. A cerimônia pode ou não ser religiosa – vale lembrar que cerca de metade da população holandesa não tem religião.

funeral na Holanda - bandeiras © Bailandesa.nl

©Bailandesa

Em alguns casos, acontece um cortejo onde as pessoas acompanham o carro da funerária até o local do funeral – um símbolo da última viagem. Um outro costume é depois do funeral as pessoas se reunirem para um café ou drinques.

Funeral na Holanda

©Bailandesa.nl

Na minha experiência, não existe fórmula ou uma regra a seguir. Todos os funerais que fui aqui na Holanda só tiveram uma coisa em comum: foram super pessoais, íntimos e tenho certeza que aconteceram exatamente do jeito que essas pessoas quiseram.

Planejamento  versus improvisação

Testamento, seguro funeral, conversar sobre o desejo de doar ou não os órgãos não fazem parte dos costumes brasileiros. Na Holanda, além do testamento, existe a opção de deixar um memorando com os seus desejos, mas também todas as informações práticas que podem ajudar os familiares como contas de banco, senhas, apólices de seguro e etc.

Waterland - Dica de Roteiro na Holanda - ©Bailandesa.nl

©Bailandesa.nl

O seguro funeral (como seguros em geral) faz parte da cultura do país. Para se ter uma ideia, 60% das famílias holandesas têm um seguro. Um funeral custa em média 7.500 euros na Holanda e muitos não querem deixar um encargo desses para a sua família. Existem diversos tipos de seguro e esse é um grande negócio. É muito comum vermos comerciais de TV de seguradoras

O planejamento faz parte da cultura holandesa. A improvisação da brasileira. O que muitos esquecem é que como não estarão presentes, parentes e amigos ficarão com o ônus de fazer escolhas num momento tão difícil. O que a Holanda me fez ver é que fazemos diversas escolhas durante as nossas vidas: nossa profissão, onde e como vamos morar, para e com quem vamos viajar. Não seria lógico planejarmos também como vamos nos despedir da vida que escolhemos?

funeral na Holanda - ©Bailandesa.nl

©Bailandesa

O que você acha? Você já foi a algum funeral na Holanda ou em outro país? Como foi a sua experiência?

Existem muitos outros assuntos relacionados com tema que merecem ser explorados, como a eutanásia, mas esses merecem mais atenção e um post exclusivo.

 

Share.

5 Comentários

  1. Meu marido faleceu em 15 dias em Bussum.
    Inesperadamente.
    Fiz td dentro da cultura holandesa!
    Vc, descreveu com grandiosidade!
    Parabéns.
    Sou sua fã!
    Abraços,
    Tania.

    • Oi Tania,
      Muito obrigada eplo elogio. Fico até tímida :). Fico feliz que os meus textos lhe agradem e sejam úties para você.
      Lhe Desejo muita paz e sinto muito pelo seu marido.

      Volte mais vezes.

  2. Michelle Stammet on

    Meu avô era Luxemburgues e viveu seus últimos anos na Alemanha. Pelo menos 15 anos antes de falecer já havia planejado e nos orientado sobre todos os detalhes envolvendo a sua morte. Deixou os valores separados, todo o processo de cremação pago. Conto isto no Brasil e as pessoas se assustam mas é a mentalidade européia em relação à morte.

    • Oi Michelle, realmente a cultura europeia é completamente diferente. Percebo que muitos confundem naturalidade e planejamento com frieza.
      Obrigada por compartilhar a sua história.
      Volte sempre!

  3. No meu País deixam tudo pra última hora, é um Deus nos acuda embora todos saibam que a morte é a unica certeza.lembro bem do Caco (Miguel FalabellA) quando fazia a satira no programa Sai de baixo a diferença de comportamentos e situacoes entre a França e o Brasil. .e vejo que realmente era real.

Leave A Reply